top of page

Você sabe quais são os melhores tratamentos para dor?

Caracterizada como uma experiência sensorial e emocional bem desagradável, a dor é capaz de limitar uma pessoa, tornando-a incapaz de seguir com sua rotina. Por esse motivo, o tratamento da dor é fundamental, uma vez que essa sensação não deve ser normalizada.

A dor pode ser considerada um problema de saúde pública — segundo a Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED), ela é uma das grandes preocupações das pessoas.

Ocorre que a dor pode causar inúmeros impactos na vida de um indivíduo, como o estresse físico e emocional, principalmente para aqueles que são portadores de alguma doença como o câncer.

É importante descartar que, na maioria dos casos, a dor é um alerta do nosso corpo indicando que algo não está certo. Prova disso são as diversas doenças que incluem a dor (em alguma parte específica do corpo) como sintoma.

Por esse motivo, saber quais os tipos existentes de dor, pode ajudar o médico a tratar do problema. A SBED indica que alguns deles são:

– dor aguda;

– dor crônica;

– cefaleias;

– lombalgias;

– fibromialgia;

– dores orofaciais.

De todo modo, quando mais persistente, refratária ou crônica for a dor, pior a qualidade de vida da pessoa. Além disso, é importante ter em mente que quando falamos nessa sensação, podemos estar nos referindo a inúmeros sentidos, mas no geral, ela está sempre ligada ao sofrimento.

Portanto, é essencial conhecer os mecanismos da dor, assim como as doenças que podem vir causar esse sintoma. Só assim o profissional poderá indicar a melhor forma de tratamento da dor.

Quais os tratamentos da dor e como são realizados?

Quando sentimos algum tipo de dor, nossa primeira ação costuma ser tomar algum medicamento para bloquear a sensação e garantir melhor comodidade. Em vista disso, a anestesiologia da dor é uma ótima alternativa para evitar o sofrimento.

A anestesiologia é uma área da medicina cujo principal objetivo é aliviar e controlar a dor, principalmente a dor aguda e crônica, uma vez que essa última é sentida por pelo menos 37% da população brasileira.

Então, para definir qual o melhor tratamento da dor, é necessária uma avaliação precoce com o especialista. Dessa forma, é possível descobrir o diagnóstico para que o tratamento seja iniciado logo em seguida, aumentando as chances de sucesso.

São muitos os tratamentos para tratar a dor, em especial a dor crônica. Mas todos esses métodos precisam ser ministrados por profissionais especializados.

Conheça algumas das opções de tratamentos.

  1. Acupuntura

A acupuntura é uma terapia da medicina tradicional chinesa amplamente utilizada para o tratamento da dor, em especial para dores agudas ou crônicas. Além disso, ela também contribui para o tratamento do câncer.

Essa técnica consiste na inserção de agulhas finas na pele do paciente em determinados pontos do corpo, para alcançar um resultado analgésico satisfatório. A acupuntura é uma terapia complementar para inúmeras doenças, inclusive dores crônicas, podendo até mesmo melhorar a imunidade.

O tratamento da dor por acupuntura é possível graças à estimulação das terminações nervosas livres da pele e dos tecidos. É essa estimulação que vai enviar mensagens ao cérebro e provocar diferentes efeitos no corpo. Isso faz com que esses estímulos ajam de forma analgésica ou anti-inflamatória, bloqueando a passagem do estímulo doloroso.

Mas lembre-se: a acupuntura é um método sério e deve ser aplicada por um profissional especializado.

  1. Estimulação elétrica

Regularmente utilizada por fisioterapeutas, a estimulação elétrica é indicada não só para o controle da dor, como também para a reeducação muscular, fortalecimento e diminuição de edema.

Contudo, o uso mais comum dessa técnica é para o tratamento da dor, uma vez que ela é feita a partir de um aparelho que emite correntes elétricas alternadas de baixa intensidade. Essa emissão de estímulos elétricos, através dos polos posicionados nas áreas dolorosas ou próximas, promove o alívio da dor.

  1. Infiltração

A infiltração é uma técnica bastante utilizada para tornar os locais que provocam o estímulo doloroso, conhecidos como pontos de gatilho, inativos.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a infiltração consiste em injeções com medicamentos de ação anti-inflamatória com o intuito de aliviar as dores. É um método geralmente utilizado no tratamento da síndrome de dor miofascial ou miofascial crônica, além da fibromialgia.

É importante destacar que essa técnica é frequentemente aplicada diretamente no local afetado, ou então, nas proximidades como ombro, tornozelo, joelho e até mesmo pulso, mas nunca nos ossos. No caso dos tendões, a aplicação só ocorre como um último recurso, quando os tratamentos anteriores não resultaram em nada.

Outra técnica também bastante utilizada é a analgesia que consiste no uso de anestésicos para o tratamento da dor, geralmente os mesmos anestésicos usados para impedir as dores de procedimentos cirúrgicos e tratamentos invasivos.

Tratamento da dor para pacientes oncológicos

Portanto, fazer um tratamento para a dor é fundamental na vida de qualquer pessoa que sofra desse mal, principalmente pacientes oncológicos.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a dor é um dos primeiros sintomas do câncer, chegando a ser bem temida pelos pacientes. A dor moderada a intensa acomete 30% dos pacientes oncológicos que estão recebendo o tratamento, enquanto 60% a 90% dos pacientes que sentem as dores são os que estão em um estado mais avançado da doença.

Contudo, se bem avaliada e tratada, é possível promover a redução dessas dores. É importante ter em mente que no paciente oncológico, a dor pode agir de forma mais severa, causando um impacto significativo no agravamento do prognóstico. Por esse motivo, ter uma abordagem correta e tratamentos eficazes para a dor é muito importante.

A Clínica Soma visa garantir a qualidade de vida dos pacientes e, por esse motivo, oferece os mais avançados recursos disponíveis para o tratamento da dor!

Ficou alguma dúvida sobre os tipos de tratamento da dor e quando cada um deles é indicado? Entre em contato conosco.

106 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page