top of page

Entenda o que são as Doenças Inflamatórias Intestinais

As doenças gastrointestinais, como o próprio nome já diz, são aquelas que afetam os órgãos que compõem esse sistema. Em vista disso, é comum que a doença se manifeste por meio de diversos sintomas.

doença inflamatória intestinal (DII) é uma delas. A DII é um tipo de inflamação crônica que pode acometer várias partes do trato gastrointestinal. Algumas dessas inflamações são definidas como uma resposta autoimune, como no caso da doença de Crohn e da colite ulcerativa.

Continue lendo o artigo para entender mais sobre as doenças inflamatórias intestinais de caráter autoimune e conheça como é esse impacto no organismo.

Doenças gastrointestinais: o que é preciso saber a respeito?

doença inflamatória intestinal (DII) é uma doença gastrointestinal que ataca o trato gastrointestinal de várias formas, em decorrência de uma inflamação crônica. Em vista disso, os sintomas mais comuns desse tipo de doença são diarreia e intensa dor abdominal, mas também podem incluir:

  1. febre;

  2. fadiga;

  3. sangue nas fezes;

  4. apetite reduzido e;

  5. perda de peso.

Tendo isso em mente, é importante destacar que a doença de Crohn e a colite ulcerativa correspondem aos tipos de doenças inflamatórias intestinais, de caráter autoimune.

Embora a causa exata dessas manifestações não seja conhecida, acredita-se que a inflamação se origine em um desequilíbrio das bactérias normais do intestino. Dessa forma, elas desencadeiam uma resposta imunológica desordenada em pacientes que já possuem predisposição genética ao problema.

doença de Crohn, de acordo com a Sociedade Brasileira de Coloproctologia, tem sua manifestação em qualquer região do trato digestivo. No entanto, na maioria dos casos, acomete o intestino delgado ou a parte superior do intestino grosso.

Já a colite ulcerativa agride o intestino grosso com maior intensidade, mais precisamente o cólon. Essa doença deixa o intestino bastante inflamado e desencadeia crises fortes, que podem vir acompanhadas de febre, cólicas abdominais intensas e diarreia com sangue.

É importante frisar que ambas as doenças não tem cura. Contudo, com um diagnóstico preciso e um tratamento adequado, é possível garantir qualidade de vida, além de possibilitar uma rotina normal aos portadores.

Fatores de risco das doenças gastrointestinais

Lembre-se que os fatores de risco são todas as condições que aumentam a possibilidade de um indivíduo desenvolver as doenças gastrointestinais. Entretanto, isso não quer dizer que a pessoa que estiver dentro desse grupo irá, de fato, ter o problema.

Alguns dos fatores de risco são:

  1. idade;

  2. histórico familiar;

  3. tabagismo;

  4. usar alguns tipos de medicamentos;

  5. fatores ambientais.


Tenha em mente que tanto a doença de Crohn quanto a colite ulcerativa, de modo geral, possuem os mesmos fatores de risco. Mesmo sendo doenças bastante parecidas, elas ainda apresentam algumas diferenças.

Principais diferenças entre a doença de Crohn e a colite ulcerativa

Embora haja muitas semelhanças entre a doença de Crohn e a colite ulcerativa, destacamos algumas diferenças importantes entre elas:SintomasDoença de Crohn Colite UlcerativaDorAfeta a região inferior direita do abdômenAfeta a região contrária, na porção inferior esquerda do abdômenSangramento retalÉ raroEstá sempre presenteLesões perianais e fístulasApresenta maiores chances de apresentar essas lesõesNão apresenta essas lesõesDiarreiaOcorre com pouca frequênciaOcorre com maior frequênciaInflamaçãoPossui aparência irregular, apresentando ulcerações leves e separadas por segmentos de mucosa aparentemente normalSe apresenta de forma uniforme e difusa

Por serem caracterizadas como doenças autoimunes, as doenças inflamatórias intestinais devem ser tratadas com medicamentos imunobiológicos, a fim de reordenar o sistema imunológico.

Juntamente à isso, um profissional qualificado poderá indicar outros tratamentos complementares para que o paciente possa viver com maior qualidade de vida.

Com o intuito de trazer maior conscientização da população sobre as doenças gastrointestinais, o selo “Maio Roxo” foi criado. Essa campanha considera o dia 19 de maio como o Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal e tem como objetivo de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce e sobre as formas de tratamento.

“Maio Roxo”: conscientização para as doenças gastrointestinais

No mês de conscientização para a doença inflamatória intestinal, diversos profissionais da saúde e voluntários participam de uma programação para orientar as pessoas sobre a doença inflamatória intestinal.

Durante a campanha, são abordados os seguintes temas:

  1. sinais e sintomas da doença inflamatória intestinal;

  2. importância do diagnóstico precoce da doença;

  3. os fatores de risco da doença;

  4. hábitos alimentares saudáveis, que podem prevenir a doença;

  5. as melhores maneiras de encontrar qualidade de vida para os pacientes que já possuem a doença.


Aproveite a oportunidade e discuta com seus amigos e familiares a importância de dar atenção aos sintomas e doenças relacionados ao sistema gastrointestinal. Com cuidado, é possível conviver com essas doenças autoimunes.

Gostou do artigo? Aproveite e acesse o nosso blog para ficar por dentro de mais conteúdos como esse! Não deixe de nos seguir também no Facebook e Instagram. Dessa forma você fica por dentro de todas as novidades e publicações!

31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page